Entradas

Carnaval e alimentação

Agrupamento de Escolas de Mira

O agrupamento de escolas de Mira, nas comemorações do carnaval, tem vários assuntos relacionados com alimentação. Destacam-se máscaras feitas em forma de nabos e de panelas. O nabo é um vegetal muito utilizado na alimentação na nossa terra. Também aqui é produzido em grandes quantidades e depois levado para muitos locais de todo o país. Também tivemos a presença de uma senhora que nos ensinou a fazer rodilhas, que as moleiras usavam na cabeça no transporte dos sacos de farinha. A farinha de milho era também muito utilizada na alimentação tradicional local.

Entretanto, pesquisámos acerca das instituições que efetuam recolha e posterior distribuição de alimentos na nossa terra e, identificámos o Banco Alimentar e a Paróquia. Algumas associações locais também chamam a si esta tarefa de partilha de alimentos com quem mais precisa.

Gostaríamos que soubessem que nos divertimos muito enquanto lemos e analisamos/trabalhamos os textos publicados.

Continuação de bom trabalho para todos!

Agrupamento de escolas de Mira

 

 

 

Migraciones y viaje a la India

CEIP Pedro Simón Abril

Esta semana hemos tenido en clase dos visitas muy interesantes. Una de Marcos Moreno, un fotógrafo muy comprometido, que nos ha ofrecido una colección de fotos y comentarios sobre el paso de personas en el Estrecho de Gibraltar.

También hemos tenido la visita de un maestro del colegio que nos ha dado una charla sobre la India.

Muchísimas gracias a los dos.

Más sobre ambas noticias en: la web de la clase

Mercadillo solidario

CEIP Pedro Simón Abril

Esta semana hemos celebrado nuestro Mercadillo Solidario en una plaza céntrica de la ciudad. La participación y el ambiente que se ha generado ha sido excelente. Una experiencia inolvidable. Hemos recaudados 1.305€, de estos 1.025€ van destinados a Cártias para diferentes proyectos en Níger y Benín, también para Care&Share (para la crear un pozo) y para Save the Children.
También hemos recogido 92 firmas para la campaña Tras la marca de Oxfam Intermon.
Muchísimas gracias a todos por vuestra participación.
Más sobre la noticia en la web de nuestra clase:

causas da fome no mundo

Escola Básica de Azagães

Olá amigos,
Somos a turma E do 3º ano da Escola Básica de Azagães. Queremos comunicar-vos as nossas descobertas. Descobrimos, partindo da história que nos propuseram, que há muitas desigualdades no mundo, principalmente no que se refere à distribuição da riqueza. Concluímos que a injusta distribuição da riqueza tem várias consequências, entre elas, a fome.
Há povos explorados devido aos interesses económicos. Muitas vezes, os povos que mais passam fome são aqueles que têm recursos muito valiosos mas que não podem explorar porque estão cativos de povos mais poderosos.
Lamentamos por todos aqueles que passam fome no mundo. Para minorar estas situações, já que não podemos intervir a nível mundial, fazemos pequenas ações a nível local, para minorar as desigualdades. Por exemplo, ajudamos pessoas com dificuldades trazendo comida e roupas que distribuímos de forma anónima, para não magoar os sentimentos dessas pessoas que precisam. Colaboramos com algumas organizações locais e internacionais na recolha de alimentos, materiais escolares e outros produtos.
Tentamos colaborar para que as situações de desigualdade sejam mais fáceis de suportar.
Abraços dos meninos e meninas da turma E , 3º ano, da Escola Básica de Azagães.

Libro del proyecto: El hambre en el mundo 2ºB y 4ºA

CEIP Pedro Simón Abril

Los niños y niñas de 2ºB y 4ºA del CEIP Pedro Simón Abril hemos estado investigando sobre el hambre en el mundo. Hemos buscado información sobre la situación de 17 países, algunos de los que padecen más hambre y pobreza del mundo, incluimos también algunos datos de interés que hemos estado investigando en clase (el hambre en números, riqueza extrema, acaparamiento de tierras, comercio justo…) y algunas ideas que nos dan los niños para cambiar el mundo. Esperamos que disfrutéis con la lectura deeste libro y que nos ayude a tomar mejor conciencia de lo que pasa en el mundo.

Lo podéis encontrar en la web de nuestra clase, junto con el resto de actividades que hemos ido realizando a lo largo del proyecto:

http://www.juntadeandalucia.es/averroes/escuelasdemocraticas

El libro lo podéis ver directamente en: http://issuu.com/jose.tellez/docs/conectando_mundos_-el_libro_de_2___

 

classe seconda C

I.C. Via Giuseppe Messina

Salve,

siamo la II C, 7 femmine e 15 maschi, siamo 22, poi il maestro Paolo, la maestra Chiara, la maestra Carla ci aiutano in quest’attività che ci fa conoscere le difficoltà di certi paesi del mondo dove c’è la guerra e la fame.

Un modo per aiutarli è quello di pagare il giusto ai contadini e agli artigiani che lavorano con impegno per avere il giusto stipendio per i loro bambini.

Così i bambini possono vivere nel loro villaggio e non devono andare nei campi profughi e possono frequentare la loro scuola insieme agli amici.

Possiamo cominciare a cercare nei supermercati, dove andiamo coi genitori, i prodotti del commercio equo-solidale.

 

 

EB1/JI da Boa-Fé

Olá amigos,
Através da viagem da Alicia e do Mahomed estivemos a estudar as principais causas de fome:

  • Falta de trabalho (para conseguir dinheiro)
  • Falta de dinheiro (para comprar alimentos)
  • Falta de água (para fazer crescer os animais, as árvores de fruto e as plantas)
  • Alimentos muito caros
  • Falta de alimentos nas lojas
  • Guerra
  • Temperaturas baixas (frio e neve)
  • Inundações (muita chuva)

Na nossa cidade há pessoas que têm falta de alimentos e fomos conhecer as instituições que podem ajudar as pessoas com poucos meios, ou que lhes pode fornecer alimentos.
Vimos uma reportagem que nos fala sobre uma refeição que é dada nas escolas. Os alunos levam para casa um jantar quente. Na cesta levam uma sopa, um pão, um prato de carne ou peixe e uma fruta. Na nossa escola são entregues diariamente 98 jantares.
As instituições que ajudam as pessoas em Elvas são:

  • A Câmara Municipal
  • O Lar Júlio Alcântara Botelho
  • A Segurança Social

Link da notícia da RTP:
http://www.rtp.pt/noticias/index.php?article=620729&tm=8&layout=122&visual=61

 

Apresentação dos alunos da Boa-Fé (Elvas)

EB1/JI da Boa-Fé

Olá Alícia, olá Mohamed, boa tarde
Somos os alunos da professora Sandra Borba e da professora Sandra Sande, das turmas C e B do segundo ano. Somos 45 alunos, 22 meninas e 23 meninos.
A nossa escola fica no bairro da Boa-Fé em Elvas (Portugal).
Estamos muito contentes por participar convosco no projeto “Conectando Mundos”.
Beijinhos de Elvas